Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Nova Perspectiva Sistêmica propõe-se a divulgar informações e conhecimentos derivados de estudos teóricos,  de caráter qualitativo e relatos de experiência sobre famílias, terapia familiar, terapias narrativas, práticas colaborativas, prática sistêmicas contemporâneas e construcionismo social. Prioriza epistemologias pós-modernas que dão enfase a produção de sentidos e significados e  perspectiva relacional  dialógica.

Publica, em suas diferentes seções a) Traduções de artigos já publicados internacionalmente em outras revistas de autores/as de referências na área do escopo da revista; b) Artigos originais; c) Resenha de filmes, séries ou outros conteúdos midiáticos, apresentados de forma reflexivo crítica e relacionado aos temas do escopo da revista e da prática profissional; d) Reflexões da prática profissional, relatos pontuais de experiências inovadoras e originais; e) Entrevistas; f) Relatórios ou ações práticas relacionadas ao escopo da revista; g) Resenhas de livros e de artigos.




 

Políticas de Seção

Editorial

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Fronteiras

Editores
  • Adriano Beiras
Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Estante de Livros

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Ecos

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Conversando com a Mídia

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Família e Comunidade em Foco

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

É uma condição para publicação do manuscrito submetido a este periódico que o mesmo não tenha sido publicado e não seja simultaneamente submetido a outro veículo de divulgação.

O processo de avaliação de manuscritos é feito em 3 (três) etapas, descritas a seguir:

1ª etapa de avaliação

Após a submissão, os manuscritos são avaliados quanto à adequação às normas aqui especificadas (Instruções aos Autores). Nessa etapa, conduzida pela equipe composta pela Editora Geral e por Assistentes de Edição, confere-se todos os itens explicitados para preparação do manuscrito e sua efetiva submissão. Quando houver equívocos na submissão, os autores serão notificados e terão mais uma oportunidade de adequar os manuscritos.

2ª etapa de avaliação

Nessa etapa, a Comissão Editorial realiza a avaliação de relevância do manuscrito para o campo do escopo da NPS, adequação ao escopo da revista e qualidade geral do texto.

3ª etapa de avaliação

Nessa etapa, os manuscritos são acompanhados pela equipe de editores da Revista Nova Perspectiva Sistêmica que se responsabilizam pela designação de avaliadores  ad hoc. As submissões serão encaminhadas para avaliação pelos pares preservando a identidade dos autores e consultores (double blind review).

Os pareceres emitidos pelos consultores contêm justificativas que podem sugerir a aprovação para publicação sem alterações, a aprovação para publicação com recomendações de alterações ou a não recomendação de publicação. Aos membros do Conselho Editorial, após a apreciação reformulada, cabem as decisões finais sobre os manuscritos, inclusive quanto à necessidade de novas reformulações. Os autores serão informados de todas as etapas. O Conselho Editorial reserva-se o direito de fazer pequenas modificações no texto dos autores para agilizar o processo editorial.

Os autores não são submetidos a  qualquer  taxa de submissão de artigos ou de avaliação dos mesmos.


 

Periodicidade

A revista Nova Perspectiva Sistêmica é quadrimestral. É publicada nos meses de abril, agosto e dezembro.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Ética e Práticas Editoriais

Aos pesquisadores, autores, editores e avaliadores aplicam-se normas de conduta que definem a integridade ética das atividades científicas. Para tanto, recomenda-se aos mesmos a leitura dos seguintes documentos de diretrizes básicas para a integridade da atividade científica e publicações:

 

 

Conflito de interesses

  • Em relação aos consultores ad hoc, são considerados conflitos de interesse a existência de quaisquer fatores de índole política, religiosa, relacional ou outro que possa vir a comprometer a capacidade do mesmo de emitir juízo objetivo, afetando favorável ou desfavoravelmente o tratamento imparcial dos artigos submetidos a sua revisão.

  • Quanto aos autores, a revista considera conflito de interesses a existência de dependência financeira e/ou profissional que possa comprometer a produção objetiva de resultados de investigação, bem como sua interpretação. Em ambos os casos, caberá à comissão editorial decidir se um caso configura propriamente conflito de interesses.

 

Indexadores

Latindex

DOAJ

Clase

BVS-PSI

PePSIC

Periódicos CAPES

MIAR Universitat Barcelona

Google Scholar

Extrato B3 do Qualis



Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia