“Se não perguntar, ele não vai falar”: reflexões sobre conversas colaborativas em um atendimento de família com crianças

Lilian de Almeida Guimarães, Sandra Aparecida de Lima, Adriana Bellodi Costa César

Resumo


Este artigo apresenta as reflexões teórico-clínicas de um atendimento de família com criança, realizado no curso de formação de Terapia de Casal e Família de um instituto situa­do no interior do estado de São Paulo. Baseadas nos aportes teóricos do construcionismo social, as autoras têm como objetivo estudar um único encontro no qual participaram mãe e filho para: a) compreender o processo conversacional que se estabeleceu e possibilitou a construção de novas descrições de si e do problema, entre os partici­pantes e b) dar visibilidade a como este processo aconteceu, pontuando a produção de sentidos e novas narrativas no decorrer das conversações terapêuticas. A equipe reflexiva será também fo­cada como recurso útil e criativo para a mudança nas conversações terapêuticas que envolvem crianças.


Palavras-chave


construcionismo social, processo conversacional, equipe reflexiva, terapia de família

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

A revista Nova Perspectiva Sistêmica é publicada pelo Instituto Noos São Paulo.

Está indexada por Latindex, DOAJ, Clase, BVS-PSI, PePSIC, Periódicos CAPES, MIAR Universitat Barcelona e Google Acadêmico.

Conceito B3 no Qualis.